É horta ou é agrofloresta? É horta agroflorestal!

20150425_170649Estes dias nos perguntaram qual seria a diferença entre horta agroflorestal e agrofloresta. Pensando que esta poderia ser uma dúvida de mais pessoas, nos motivamos a contar um pouco da nossa experiência e contar o porquê resolvemos chamar o curso de “Hortas Agroflorestais”.
Um olhar agroflorestal
A Simbiose, principalmente, realiza assessoria de campo – organiza formação e assistência técnica para agricultores. E em campo, nos deparamos com algumas situações quando fazer agrofloresta é uma proposta de projetos, de uma equipe técnica e não necessariamente uma demanda do público-alvo. Em todos os casos, os agricultores querem melhorar sua terra e ter mais e melhor produção. Esta é a demanda. Nem sempre todos os agricultores se identificam com a proposta de uma “agrofloresta”, como um plantio de muitas espécies que eles nem sempre conhecem ou sabem manejar. Então,  percebemos que as áreas de agroflorestas acabavam se tornando uma “área do projeto” em um canto da propriedade e, em todo o restante, era feita a produção convencional. Mesmo o agricultor vendo resultados na agrofloresta e mesmo vendo as falhas naquela forma de produzir que ele já vinha fazendo. Ele segue fazendo aquilo que já sabe planejar e que já tem alguma segurança.
Passamos a observar, com mais objetividade e sensibilidade, o que aquele agricultor costumava fazer no restante da sua área. E percebemos que, no fundo, é uma questão de identificação: tem aqueles que gostam de fazer horta, de produzir grãos, de trabalhar com as frutas e, mesmo que poucos, tem aqueles que pensam em produzir madeira. Dessa forma, respeitando as vontades e vocações de cada agricultor, começamos a desenvolver em conjunto com o produtor, um olhar agroflorestal sobre a sua área. E aplicamos os princípios da agrofloresta sucessional, implantando não apenas “uma área de agrofloresta”, mas construindo o planejamento integral da sua área, como uma unidade de produção agroflorestal.

20150425_163455

Porque, afinal de contas, não existe receita para fazer agrofloresta! Existe sim uma abordagem a ser aplicada. E a agrofloresta fica “a cara do dono”.
Na prática, a horta agroflorestal é uma agrofloresta planejada para render produtos de horta por muito tempo no mesmo lugar. E de onde ainda se colhe madeira!
A temática da horta é bem familiar na pequena agricultura e, mesmo para um público urbano; tanto para quem já põe a mão na terra quanto para quem tem pouco ou nenhum conhecimento. Assim, pensamos neste curso de Hortas Agroflorestais para criar uma ponte e aproximar as pessoas desta abordagem Agroflorestal.
Quer saber como planejar sua horta agroflorestal? Participe do curso.
Faça sua pré-inscrição aqui:  http://bit.ly/1JZG3i2

Entrevista com instrutores do Curso de Hortas Agroflorestais

O Curso de Hortas Agroflorestais acontecerá em Brasília, dias 13 e 14 de junho, no Sítio Pinheiros/ Brazlândia. Neste primeiro módulo de 2015, Jessica Livio Pedreira e Namastê Messerschmidt compartilharão os conhecimentos e as práticas que desenvolvem na Simbiose Agroflorestal.  Nesta entrevista eles contam mais sobre a capacitação, seus enfoques, diferenciais e objetivos.

Jessica Livio Pedreira é Engenheira Florestal pela UnB e Mestre em Ciências de Florestas Tropicais pelo INPA. Em 2005, conheceu o agricultor e pesquisador Enst Götsch e, desde então, tornou-se aprendiz de agrofloresta sucessional tendo o trabalho de Ernst como sua maior referência. Colabora em ações e estudos focados em sistemas agroflorestais indígenas. Atua como consultora em agroextrativismo e agrofloresta e facilita processos de formação (cursos, ensino técnico médio e superior).  11117756_1591899314400650_1372814762_nNamastê Messerschmidt  aprende e atua, desde 2000, com o agricultor e pesquisador Ernst Götsch; e atua como membro da equipe técnica da Cooperafloresta. Facilita capacitações e formações em terras indígenas, para o MPA, o MST e para pequenas e grandes fazendas de produção orgânica e convencional. Desde 2007 ministra cursos em diferentes biomas pelo Brasil. É produtor orgânico agroflorestal associado à Cooperafloresta na Barra do Turvo/SP.

ENTREVISTA

Que conhecimentos o aprendiz ganhará com o curso? O participante do Curso de Hortas Agroflorestais aprenderá quais ferramentas usar em cada situação, como criar solos férteis, como planejar consórcios de plantas para sua horta e quais são os princípios da agrofloresta sucessional (estratificação e sucessão natural).

Por que escolheram esse enfoque para o primeiro curso? Para um curso básico, em que se pretende apresentar princípios básicos do funcionamento da natureza (de floresta), a temática de horta é algo próximo mesmo de quem não vive no meio rural. A agricultura urbana tem sido cada vez mais debatida e praticada, então talvez seja uma “ponte” para pessoas urbanas adentrarem na temática da produção agrícola/agroflorestal.  Além da data do curso ser em uma época propícia para  os cultivos de hortas (inverno).

Por que plantar uma horta agroflorestal em vez de uma horta comum? As hortas agroflorestais otimizam espaço e recursos, produzindo alimentos realmente saudáveis, livres de venenos. Além disso, esse tipo de horta  se vale da vida no solo para criar a fertilidade que a horta convencional busca nos insumos externos. Os pontos chave são a cobertura do solo e a diversificação da produção. Para tanto, o praticante precisa ter plantas que farão essa função de cobertura e adubação e precisa planejar combinação de plantas. Dessa forma, abre espaço para a criatividade, gerando plantios que são “a cara do dono”. Já as hortas comuns são extremamente dependentes de insumos externos, tendem a cada vez precisarem de mais insumos e produzem alimentos nutricionalmente fracos, porém, visualmente atraentes (de modo geral). Isso acontece mesmo com o convencional orgânico, que usa insumos naturais em vez de insumos sintéticos, mas muitas vezes se utiliza do sistema de monocultura.

Que diferenciais tem a abordagem de vocês? Nossa abordagem é muito prática e vivencial, pensamos que a melhor forma de aprender é com a mão na terra. Buscamos facilitar o aprendizado dos participantes com situações práticas e exemplos de situações reais.

Que experiências de destaque tem para compartilhar em relação ao tema do curso – as hortas agroflorestais? Destacamos nossa experiência de assessoria junto a pequenos agricultores (assentados, indígenas, etc.) de diversos estados (SP, PR, GO, TO, MS, RR, MT), principalmente SP e PR. Temos uma visão ampla sobre gargalos e potenciais da prática agrícola. Buscaremos levar essa experiência para os aprendizes com abordagem bem prática, tanto em relação à aplicação das técnicas quanto no tange à organização social e econômica, falando dos mutirões e da comercialização.

Faça a sua pré-inscrição para o Curso de Hortas Agroflorestais

Entre em contato para saber mais: simbiosecursos@gmail.com flyer-digital-simbiose-mod-3

É possível plantar na Floresta? Claro!

Nos último anos, rodamos diversos biomas deste belo país e vimos em todo canto a reprodução de uma agricultura que deixa a  terra cada vez mais fraca, o solo exposto e em que há perda de biodiversidade. Nesse contextos, era impossível a produção de plantas como tomate, alface, repolho, cenoura, brócolis, milho, amendoim, berinjela…  Mas você sabia que todas essas plantas são “plantas da floresta”? Sim, são ótimas para as clareiras, pois lá tem tudo que elas precisam para crescer!

11119871_1591899324400649_456277731_n

O problema é que plantar nas clareiras, como se fazia antigamente, está em desuso… Por isso convidamos você a aprender técnicas para voltar a fazer uma agricultura florestal, confiando no milagre da vida e gerando fertilidade e abundância! Ao plantar agroflorestas poderemos produzir muito alimento.

Participe do Curso de Hortas Agroflorestais  nos dias 13 e 14 de junho, no Sítio Pinheiros, em Brazlândia, com foco em cultivos anuais. Esperamos vocês para desfrutar de um final de semana de trocas e aprendizados! Faça a sua pré inscrição aqui!

Agroflorestas: um saber que gera vida e abundância

A simbiose Agroflorestal começa uma nova fase de cursos em Brasília11106041_1592077841049464_1288568972_o

Você sabe o que é uma agrofloresta? Quer saber mais? Já conhece ou está curioso sobre o trabalho da Simbiose Agroflorestal? Acredita que é possível e quer viver em um mundo onde a sustentabilidade é vivida na prática, desde a mesa até a forma de entender a vida, as relações e a economia?

Se suas respostas são sim, continue em frente, explore e acompanhe esse Blog, que tem como objetivo falar sobre sistemas agroflorestais. Divulgaremos também os cursos da Simbiose e os saberes que nascem e se renovam da nossa prática com a terra. Caminhemos juntos!